Você escreve a copy...
Manda tráfego, mas não vende!
Descubra Porque gatilhos mentais e outras fórmulas de copy, que parecem funcionar para todo mundo, simplesmente não funcionam com você!

Jonathan Taioba

Redigido por Jonathan Taioba
Belo Horizonte, MG
Outubro de 2019
Caro leitor,

Acredito que você já passou pela seguinte situação:


Você escreve uma copy aplicando todos os gatilhos mentais e modelos comprovados que já funcionaram com outras pessoas…


Passa alguns dias trabalhando e adaptando tudo aquilo para o seu produto.


Você tem a sensação que esta é a melhor copy que já fez e tudo indica que vai vender muito!


Você então cria sua página de vendas.


Mal coloca tudo no ar e já quer enviar as primeiras visitas. Está difícil controlar a ansiedade.



Você dispara o e-mail... começa a campanha... Enfim, manda tráfego!


E fica conferindo o e-mail e o relatório de vendas pra ver quanto tempo vai levar para a primeira conversão acontecer!


Se converter bem o próximo passo vai ser escalar até o limite!


Talvez com essa nova copy seja possível até subir o preço do produto.



Mas o tempo passa e as notificações de vendas não aparecem.


Já deu tempo o suficiente para ter feito pelo menos uma venda, mas as conversões estão zeradas.


Você vai na página e verifica se o botão de compras está funcionando, ou se é um problema na página de pagamento.


Afinal, deve ter algum problema aí.


Mas para sua alegria, ou total desespero, o botão está funcionando normalmente…


O que parece não estar funcionando é a sua copy.


Não é possível. Era para estar vendendo!


Você aplicou todos os gatilhos mentais e até usou alguns templates e modelos prontos que já provaram que convertem bem.


Mas parece que as coisas só funcionam bem para os outros. Nada do que você faz dá certo.


E agora? Tentar melhorar aquela copy, ou jogar tudo no lixo e fazer outra?


Mas ter que fazer tudo de novo???


Se você pelo menos tivesse certeza que vai funcionar dessa vez.


Afinal você sabe que se fizer outra do zero, provavelmente não vai ter um resultado muito melhor do que essa.




A verdade é que você não tem muita ideia do que fazer agora.


E honestamente você não tem muitas opções.


Tudo o que se fala sobre copy no mercado digital brasileiro são gatilhos mentais…


…Que a maioria das pessoas pensam ser algum tipo de força mística que vai hipnotizar o seu cliente e fazer ele digitar o cartão de crédito.



E a grande maioria dos especialista em copy que prometem ensinar o segredo da persuasão, o máximo que fazem é te dar uma coleção de scripts e templates prontos que são iguais aos que todo mundo usa.



Aquelas mesmas fórmulas prontas e frases de efeito que seus clientes já aprenderam a ignorar e estão cansados de ver em praticamente todos os vídeos de vendas.



O fato é que ou esses especialistas não estão muito interessados em realmente te ensinar a criar copy, ou nem eles mesmos sabem muito como fazer.


E eu digo isso, pois eu também achava que sabia copy!



Já havia faturado mais de R$ 1 milhão em vendas pela internet, tinha lido algumas vezes o Armas da Persuasão e dominava todos os gatilhos mentais que você pode imaginar.


Eu achava que sabia tudo de copy…


Até o dia em que um cara que eu nunca havia visto na minha vida, me vendeu um produto de R$29.000 em menos de uma hora…


Bem no meio da minha viagem de lua de mel em Cancun…


Aplicando técnicas de vendas e persuasão que eu nunca tinha visto até aquele momento.


Ali eu percebi que existia algo sobre copy que estava completamente fora do meu radar e ninguém falava sobre isso no mercado digital.


Algo que era forte o suficiente para transformar um completo estranho em cliente - em questão de minutos…


Ainda que o produto em questão seja algo que custe quase R$ 30 mil.




Obviamente eu não poderia viver sem entender melhor o que havia acontecido comigo.


Como aquele cara conseguiu me fazer comprar um produto que até aquele momento nunca tinha despertado o meu interesse?


Eu sabia que no momento em que eu dominasse aquela estratégia, eu nunca mais passaria um dia sequer da minha vida sem converter um novo cliente.


Isso foi em 2013 e nos anos seguintes eu me dediquei exaustivamente a dominar aquele mecanismo.


Um conhecimento extremamente difícil de adquirir, mas que desde então me gerou mais de 32 mil vendas em todo o mundo e alguns milhões de reais em faturamento!
vendas
O que vou te mostrar agora é disparado o conhecimento mais importante quando se trata de gerar vendas em alta escala e crescer um negócio de forma consistente.


Um mecanismo de copywriting praticamente desconhecido pela indústria digital no Brasil, porém responsável por bilhões de reais em faturamento nos mercados mais estabelecidos.


A engrenagem estratégica que transformou a Empíricus e diversas outras empresas antes desconhecidas, em verdadeiros impérios nos seus setores, faturando quantias até então inimagináveis para o mercado de produtos digitais e serviços.



Dominar esta habilidade significa dominar o seu mercado e criar um abismo intransponível entre você e seus concorrentes.



Por isso trate com carinho seus próximos minutos e marque a data de hoje como um dos dias mais importantes para o seu negócio…



E eu realmente acredito que será!


Assim como foi para o Fagner Borges que teve acesso a este mesmo método e começou a gerar vendas todos os dia.
Resultado Fagner
O segredo por trás desse mecanismo avançado de copy
Veja bem... O sucesso ou fracasso das suas campanhas dependem fortemente de como você responde a uma única pergunta.


Saber que pergunta é essa e como respondê-la corretamente é o segredo para escrever a copy mais poderosa do seu mercado.



Me refiro a saber com a maior precisão possível quais palavras deve usar na sua headline. Qual estrutura deve escolher para sua copy e como estabelecer a mensagem central do seu marketing.


Mas que pergunta é esta?



Muitos profissionais de marketing poderiam pensar que é: "Quem é o meu cliente?" ou "Qual é a maior dor do meu cliente?"


E estas realmente são perguntas importantes para o seu negócio. Mas a verdadeira questão que muitos profissionais de marketing nunca perguntam é:


Qual o nível de consciência do seu cliente?


E normalmente esta pergunta não é feita, pois poucas pessoas de fato sabem o que ela significa.


Veja bem…


O que define um mercado é basicamente um problema específico compartilhado por uma grande quantidade de pessoas.


Quando a quantidade de pessoas compartilhando este problema é grande o suficiente para gerar demanda por um produto, aí existe um mercado.


A grande questão aqui é o quão consciente o seu cliente em potencial está a respeito deste problema…
  • Ele já percebeu que possui o problema ou ainda não está consciente a respeito dele?
  • Se ele está consciente a respeito do problema, ele já sabe que existe uma solução para este problema?
  • E se ele está consciente de que existe uma solução, ele sabe que o seu tipo de produto existe? Ou mais especificamente, ele conhece o seu produto pelo nome?
Resumindo... O que o seu cliente sabe?


A resposta para esta pergunta vai te permitir definir o nível de consciência do seu mercado e consequentemente vai conduzir toda a sua campanha a partir daí.


A verdade é que existe algo que poucas pessoas entenderam sobre copywriting e marketing de forma geral, e isto é:


O que define sua estratégia de vendas, sua headline, sua promessa, o que você vai falar e como você vai falar… é o seu cliente.


Não são seus concorrentes, não é o seu preço e nem mesmo o seu produto.


Aquilo que o seu cliente sabe hoje e aquilo que ele está disposto a aceitar como verdadeiro e possível, isso é o que vai definir todo o seu marketing.



Funciona assim....


Pense na sua copy de vendas como uma ponte.


De um lado você tem o seu produto que basicamente é uma solução para resolver um problema ou satisfazer um desejo.


Do outro lado tem o seu cliente em potencial.


No meio existe um abismo intransponível.


Este abismo é exatamente a falta de consciência do seu cliente em potencial.



A diferença entre aquilo que ele sabe e acredita hoje, e aquilo que ele precisa saber e acreditar para aceitar sua solução como a melhor opção possível.
abismo
O papel da sua copy é ser a ponte que vai desenvolver esta consciência na mente do seu cliente em potencial.



Sendo assim, o conteúdo e estrutura da sua copy dependem principalmente daquilo que o seu cliente sabe e acredita hoje.



É aí que você deve começar.



Como disse anteriormente, poucas pessoas entendem isso com profundidade, mas esse é o grande segredo por trás das copies mais poderosas que já foram escritas até hoje!
Vou demonstrar como este mecanismo funciona na prática e como aplicar imediatamente no seu negócio!
Todo nicho de mercado - inclusive o seu - pode ser dividido em 5 níveis de consciência, conforme você pode ver na pirâmide abaixo.
piramide-consciencia
Cada nível irá apresentar um desafio a ser superado para que a venda aconteça.


E a questão é muito simples…


Ou você utiliza o mecanismo correto em sua copy para entender e superar este desafio. Ou pode dar adeus às vendas.



Vamos entender isso na prática!


Considere por exemplo alguém que esteja vendendo um treinamento ou consultoria sobre como investir na bolsa de valores.


A primeira coisa que este empreendedor precisa fazer é olhar para o mercado dele a partir da perspectiva dos níveis de consciência.


Como fazer isso?



Em primeiro lugar, na base da pirâmide, existem aquelas pessoas que são completamente inconscientes.

Ou seja, pessoas que sequer sabem que possuem um problema.
Completamente Inconsciente
No nosso exemplo aqui o problema seria "Investir Dinheiro" e as pessoas neste primeiro nível de consciência são aquelas que não têm nenhum interesse por investimentos e acham que isso não é para elas.



Tentar vender para este grupo de pessoas é um verdadeiro desafio.


Mas é aqui que você irá encontrar as maiores oportunidades de construir uma fortuna.


Principalmente considerando que pouquíssimos ou talvez nenhum dos seus concorrentes está tentando vender para as pessoas que estão neste nível de consciência.



O seu desafio ao escrever uma copy para este público é vencer uma barreira de total indiferença e convencer esta pessoa de que ela possui um problema.


Como ela não acredita nem mesmo que possui um problema, não adianta iniciar sua copy com uma promessa e nem mesmo falando sobre o problema.


Ainda que você prometa um método de investimentos que garanta 10.000% de retorno ao dia, esta pessoa não vai se interessar, pois ela não acredita que investimento é para ela.



Uma pessoa neste nível de consciência não está pronta para esta abordagem.



Uma headline que poderia funcionar para este público talvez seja:


"Para pessoas que querem se aposentar bem antes de precisarem usar uma bengala!"




Veja que não há menção de bolsa de valores e nem mesmo de investimentos.


Eu apenas apresento algo com o qual este cara possa se identificar.


Depois que chamar a atenção dele, o meu desafio é utilizar a estrutura correta em minha copy para gradualmente levar a pessoa a aceitar que possui um problema e em seguida aceitar a solução.


Por isso uma copy para um público no primeiro nível de consciência é construída em cima de uma estrutura totalmente indireta, explorando bem a técnica da gradualização.



Daqui a pouco vou falar um pouco mais sobre isso!



Bom, mas este ainda é o primeiro nível e também o mais difícil de explorar.



Em seguida temos o público consciente do problema.

São aquelas pessoas que estão um pouco mais conscientes e pelo menos sabem que possuem um problema. Apesar de ainda não saberem que existe uma solução para este problema.


Este é o segundo nível de consciência.
Consciente do Problema
Tudo que essa pessoa tem em sua mente é o reconhecimento de que algo está errado, porém para ela nada pode ser feito a respeito.


Em sua mente ela acredita que não existe uma solução que realmente resolva o problema da forma como ela deseja.


Este público é consideravelmente mais fácil de ser alcançado e convencido, pois eles já reconhecem que algo está errado.


Sendo assim o seu trabalho aqui é basicamente demonstrar que entende o problema dessa pessoa e em seguida convencê-la de que existe uma solução perfeita para o problema que ela está enfrentando.


Veja abaixo o exemplo de uma boa headline para chamar a atenção de alguém neste nível:


"Antes você tinha que escolher se queria investir com baixo risco ou alto rendimento… Agora você pode ter os dois juntos!"



E como essa pessoa já aceitou que possui um problema, isso me permitiria utilizar uma estrutura de copy um pouco mais direta.


Mas veja que eu disse apenas "um pouco mais direta."


Ainda estamos lidando com alguém que está apenas no segundo nível de consciência.




Em terceiro lugar vêm aqueles que estão conscientes da solução.


Eles não apenas sabem que possuem um problema, mas sabem também que este problema pode ser resolvido.
Consciente da Solução
Esta pessoa acredita e já aceitou o fato de que em algum lugar existe uma solução ideal para o problema dela, mas ela não tem certeza de onde encontrar esta solução.


O abismo entre o que esta pessoa acredita hoje e o que ela precisa acreditar para aceitar sua solução é bem menor.


Por isso você pode utilizar uma estrutura de copy bem mais direta.



Seu desafio ao escrever a copy para alguém no terceiro nível de consciência é basicamente apresentar a sua solução e demonstrar como ela é a melhor maneira de resolver aquele problema.


Ou seja, como sua solução resolve o problema mais rápido, mais fácil ou melhor do que as outras soluções que existem por aí.


Voltando ao nosso exemplo, a headline abaixo poderia gerar um excelente resultado para alguém neste nível:


"É praticamente impossível perder dinheiro com ações se você aplicar o método de investimento que ele criou!"




Em quarto lugar temos aquelas pessoas conscientes do produto.


Elas não apenas sabem que existe uma solução para seus problemas, mas também já conhecem você e a solução que oferece.


Porém estas pessoas ainda não se convenceram de que devem comprá-la.
consciente do produto
Estas são aquelas pessoas que estão na sua lista de e-mail, curtem a sua página, ou seguem você no instagram, mas ainda estão na dúvida se compram de você ou não.


Talvez por não acreditar que sua solução realmente entrega o que você promete, ou por não acreditar que ela faça isso tão bem ou melhor do que as outras aí fora.


Seu desafio aqui é basicamente fornecer elementos de prova que possam convencer esta pessoa que o seu produto ou serviço é a melhor solução para ela.


Exemplo:

"Se eu tivesse que começar a investir do zero, com certeza eu utilizaria o método xyz"

Fulano de Tal - Multimilionário e top investidor em Bolsa




E finalmente em quinto lugar temos o público mais consciente.


São aquelas pessoas que além de conhecerem bem o seu produto, já decidiram que vão comprá-lo.


Só estão esperando uma oportunidade, ou aquela famosa oferta irresistível.
Mais Consciente
Esta é a venda mais fácil que você pode fazer, pois esta pessoa está pronta para comprar.


Aqui você pode utilizar a estrutura de copy mais direta possível, pois o seu público definitivamente está pronto para isso.


Talvez um simples desconto ou um e-mail direto recapitulando os detalhes do seu produto já são suficientes para transformar este tipo de público em cliente.

Exemplo:


SOMENTE HOJE: Garanta sua vaga no treinamento xyz e receba gratuitamente a minha consultoria particular avaliada em R$ 10.000!





Ou seja, cada nível vai apresentar desafios muito específicos.


E quando você vai escrever uma nova copy, seja para um anúncio, seja para seu vídeo de vendas, ou até mesmo um e-mail, a primeira coisa que você deve se perguntar é:


Para quem estou escrevendo?


Em qual dos cinco níveis de consciência se encontra a pessoa que será impactada por esta copy?



A resposta para esta pergunta te dará a direção não apenas sobre qual headline utilizar, mas principalmente qual a estrutura ideal para sua copy.


Se você não leva isso em consideração, muito provavelmente sua copy irá se parecer com uma colcha de retalhos.


Um monte de ideias juntas, tentando falar com todo mundo e criando uma verdadeira confusão na mente do seu cliente.


E digo mais…


É exatamente por isso que um modelo pronto, ou até mesmo um script retirado de outra página de vendas que está convertendo bem não vai funcionar para você.
AGORA VEM O REAL PODER DESSE MECANISMO…
Até este momento você viu como o reconhecimento do nível de consciência vai te mostrar o que dizer e principalmente o que não dizer em sua headline.


Tudo isso baseando-se naquilo que o seu público sabe e está disposto a aceitar como verdade.


Isso vai te dar uma vantagem enorme em relação aos seus concorrentes, pois você será capaz de chamar a atenção do seu público de forma praticamente irresistível.


Mas e o restante da copy?


Como você vai desenvolver a partir daí?


Depois que a sua headline chamar a atenção do seu cliente em potencial, o que você deverá dizer em sua copy?



A grande questão é que a estrutura e o conteúdo da sua copy também serão definidos pelo nível de consciência de quem vai ser impactado por aquela copy.




Imagine por exemplo que você está tentando vender para o público completamente inconsciente...


Ou seja, aquela pessoa que nem mesmo acredita que tem o problema que sua solução resolve.


Como já vimos, o desafio da sua copy é desenvolver nesse cara toda a consciência que ele precisa ter para aceitar sua oferta e comprar seu produto ou serviço.



Você não vende pra ele, deixando ele no nível de consciência que ele está. Você vai precisar subir o nível de consciência dele.


Sendo assim, sua copy precisa estar muito bem estruturada.
  • Em primeiro lugar na sua copy você precisa criar e destacar o problema na mente desse cara.
  • Em seguida você precisa apresentar a possibilidade de resolver este problema. Ou seja, você dá esperança, indicando uma solução.
  • Depois você Introduz o seu produto.
  • E por fim você cria demanda pelo seu produto, convencendo esse cara que o produto realmente entrega o que promete. Que o produto resolve o problema dele como nenhum outro.
Talvez fique mais fácil entender na ilustração da nossa pirâmide dos níveis de consciência:
piramide-gradualizacao
E como você faz isso na sua copy?


Você faz isso através de um processo conhecido no universo do copywriting como GRADUALIZAÇÃO.


E isto aqui é algo que a maioria esmagadora do mercado de marketing digital sequer sabe que existe.


Mas esse é o segredo para realmente transformar estranhos em clientes de forma escalável.


Como o seu concorrente e o restante do mercado estão fazendo isso hoje?


Se ele for realmente bom, ele vai tentar desenvolver as crenças do cliente em potencial fazendo afirmações e fornecendo elementos de provas para convencer o cliente.


Na prática ele vai fazer mais ou menos assim…


Ele vai tentar afirmar para o cliente que ele possui um problema. E depois vai tentar provar esta afirmação.



Depois seu concorrente vai dar a boa notícia de que exista uma solução para este problema.


Aí ela fornece novos elementos para provar que esta solução realmente existe.


Daí ela faz a transição e apresenta o produto e afirma que o produto dele é a melhor maneira de resolver aquele problema.


E por fim ele coloca um botão na tela e pede ao cliente para clicar e comprar.



Isso é o que os copywriters mais capazes em nosso mercado tentariam fazer.


No entanto isso passa longe de ser a melhor forma de desenvolver as crenças do seu cliente em potencial.



No exemplo acima, o que o seu concorrente e todo o mercado digital brasileiro fazem é basicamente entrar numa queda de braço com o cliente.


Você faz afirmações diferentes daquilo que ele acredita hoje, e depois quer provar pra ele que você está certo e ele está errado.


Isso é queda de braço.


É como se fosse uma daquelas discussões no Facebook sobre política.


Ninguém sai de uma dessas discussões com uma opinião diferente sobre o seu partido.


Na melhor das hipóteses, uma a cada mil pessoas vai ler um daqueles textões e vai mudar o candidato.


Mas quando se trata de vendas, uma taxa de conversão dessas pode matar o seu negócio.


Não adianta apresentar todas as provas e argumentos… você não muda as crenças de alguém baseado em queda de braço.


Você precisa sustentar suas afirmações com base naquilo que a pessoa já aceita como verdade e a partir daí levar esta pessoa a aceitar inevitavelmente o próximo passo.


E assim você caminha com esta pessoa daquilo que ela acredita hoje até o que ela precisa acreditar para comprar o seu produto.



Isso é a gradualização.


É por isso que normalmente você vai utilizar copies mais longas e estratégias mais complexas a medida que você tenta vender para públicos menos conscientes.


E da mesma forma copies mais curtas e estratégias mais simples quando for vender para públicos mais conscientes.


Por exemplo…


Se você está tentando vender para um público que está consciente apenas do problema, a Fórmula de Lançamentos pode ser uma excelente estratégia.


Pois ela é indireta e grande, você tem tempo para trabalhar a gradualização.


Agora se você está tentando vender para alguém consciente do produto ou o público mais consciente no topo da pirâmide. A fórmula de lançamento talvez seja uma das piores formas de você fazer isso.


Pois o caminho que você precisa percorrer com essas pessoas é bem menor e isso pede uma copy mais direta e uma estratégia de vendas menos complexa.



É por isso que se você ignora o estágio de reconhecimento e não desenvolve toda a sua copy e estratégia de marketing usando como base o nível de consciência do seu mercado, provavelmente a sua copy vai converter muito abaixo do que ela poderia.
ALGO PARA VOCÊ APLICAR IMEDIATAMENTE E VER SUAS VENDAS SUBINDO COMO UM FOGUETE!
A boa notícia é que agora você tem a oportunidade de desenvolver a copy mais poderosa do seu mercado.



Pois é bem provável que nenhum dos seus concorrentes sequer sabem da existência do que eu estou falando aqui.


Durante um bom tempo eles vão continuar usando os mesmos gatilhos mentais e templates prontos de copy.



E até eles conseguirem entender o que você está fazendo, vai demorar um pouco.


Então se você quer realmente dar um salto absurdo no nível do seu negócio e escalar de verdade o seu faturamento, sem conversa fiada… minha dica pra você é:


Dedique toda a sua energia para aplicar o que você viu aqui!



Ainda que você leve 5 anos estudando e gaste alguns milhares de reais estudando, juntando todas as peças, testando e aperfeiçoando o seu método...



Eu posso garantir que valerá cada minuto do seu tempo!


Foi o que eu fiz e posso te garantir que faria novamente se fosse necessário.


Mas se for esperto, você consegue ter acesso à estratégia completa e aplicar tudo isso no seu negócio já nos próximos dias.


Tudo o que você precisa fazer é garantir o seu acesso ao meu treinamento avançado Copy Black Box no qual eu ensino como começar do zero e ser o autor da copy mais poderosa do seu mercado.


Construir roteiros de vendas capazes de transformar um completo estranho em cliente, em questão de minutos.


E ganhar consistência nas vendas e escalar o seu negócio do jeito certo, posicionando seu produto estrategicamente nos mais diversos níveis de consciência do seu mercado, dominando assim o seu nicho.


Tudo isso sem utilizar scripts prontos, modelos engessados e os mesmos gatilhos mentais que todo mundo já está cansado de ver.
devices
Um treinamento de altíssimo nível sobre copywriting avançado, no qual eu caminho com você, passo a passo, mostrando em detalhes como escrever a melhor copy de toda a sua vida.


Então, se você quer dominar definitivamente o jogo da persuasão,


Ser capaz de criar do zero roteiros de vendas de alta conversão,


E nunca mais passar pela frustração de escrever uma copy que não vende...


O Copy Black Box é pra você!


A boa notícia é que preparei uma condição especial para uma turma fechada com 100 vagas.


As pessoas que entrarem agora vão aproveitar a melhor oferta de todas para fazer parte do Copy Black Box.


Posso garantir que nenhuma oferta ou condição que for lançada depois será melhor do que esta.


Para saber os detalhes, basta clicar no botão abaixo!
Dezenas de pessoas já aproveitaram e as vagas estão esgotando muito rápido.


Então, se você realmente entendeu o potencial do método que te apresentei aqui e quer dominar isso com maestria, é melhor clicar no botão antes que termine!


A gente se vê na próxima página!


Quero continuar lendo...